Levandowski absolve Carminha


O ministro Ricardo Levandowski surpreendeu o público hoje com seu voto inocentando Carminha. Em seu voto no julgamento do Divino, o ministro disse que não ficou comprovado que Carminha desviou dinheiro das obras sociais e nem que vendeu as joias.
Tufão afirmou que até prova em contrário continuará com sua mulher. Especula-se que ele só se convencerá que Carminha é culpada se ela for flagrada matando o último panda.
José Dirceu disse que é tudo culpa da Nina.