Banco Central está avaliando colocar vira-lata Caramelo na nota de R$ 200

Meme da nota de R$ 200 - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER

A informação foi confirmada pela diretora de administração do Banco Central

Quem achou que não havia mais esperança de ver o cachorro vira-lata caramelo na nota de R$ 200 já pode voltar a se animar. O Banco Central (BC) brasileiro, responsável pela produção das notas, informou que começou a estudar a possibilidade de colocar o animal que viralizou na internet, como o tema da nova cédula em uma ação contra maus-tratos. A proposta da instituição é colocar o lobo-guará, um animal típico do cerrado e ameaçado de extinção na nota.


A diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, afirmou que a instituição estuda uma ação relacionada ao animal de forma que envolva o combate aos maus-tratos. A declaração foi dada ao portal UOL nesta quinta-feira (6), e confirmada pela assessoria do BC ao EXTRA.


Tendo ultrapassado a marca de 50 mil assinaturas em uma semana, a petição virtual parece estar surtindo efeito. Até um deputado federal já saiu em defesa do animal durante reunião com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, no último dia 30 de julho. 


Para do deputado Fred Costa (Patriota-MG), "(O vira-lata) é algo que simboliza bem nosso país. Não há quem não conheça o cachorro vira-lata ", disse. "Eu também reconheci a importância do lobo-guará (para estar na nota de R$ 200), por estar em extinção e ser um símbolo da nossa fauna", completou o parlamentar.


Embora não possa alterar o tema da cédula nova, o congressista informou que a instituição topou promover ações de estímulo à adoção e de combate aos maus-tratos aos animais.


Viralizou


Após o anúncio do Banco Central (BC), no último dia 29, de que o Brasil terá, a partir de agosto, uma nota de R$ 200, vários memes tomaram conta das redes sociais. O cão vira-lata caramelo foi o favorito dos internautas para ocupar a cédula de mais alto valor. 

 

Fonte: ne10

Memes da Nota de R$ 200

O Banco Central anunciou nesta terça-feira, 29, a aprovação pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para o lançamento da cédula de R$ 200, que trará estampada um lobo-guará. A nova cédula deverá entrar em circulação a partir do final de agosto. A previsão é que sejam impressas 450 milhões de cédulas de R$ 200 em 2020.Assim que anunciado, o lançamento virou meme nas redes sociais.

Veja alguns memes de 200,00!


Nelore, para valorizar o agronegócio Brasileiro, o que você acha? via: ZcaioG



Ema, para valorizar o meio ambiente Brasileiro, o que você acha?



Cloroquina, para valorizar o Presidente, o que você acha?


 
Cão Caramelo, para valorizar o Humor do Brasileiro, o que você acha?



Cobras voadoras intrigam cientistas



As chamadas cobras voadoras são capazes de ondular seus corpos enquanto deslizam pelo ar, e esses movimentos únicos permitem que elas voem, descobriram os cientistas.

O animal, chamado de Chrysopelea paradisi, também conhecido como “a cobra das árvores do paraíso”, tende a viver nas árvores do sul e do sudeste da Ásia. Lá em cima, elas se movem ao longo dos galhos das árvores e, às vezes, para alcançar outra árvore, se lançam no ar.

Segundo com o site Science News, pesquisadores da Virginia Tech, EUA, colocaram etiquetas de captura de movimento em sete cobras e as filmaram com câmeras de alta velocidade, enquanto elas voavam por um trajeto de até 24 metros.

Eles construíram um  modelo 3D  depois para medir mais de 100 planadores de cobras vivas. Com isso, realizaram experimentos virtuais para investigar a ondulação aérea.

Assim, os cientistas  puderam observar  que o mesmo movimento ondulante que fazem para deslizar no chão ajudam-nas a planar durante o salto entre uma árvore e outra de forma impressionante.

Apesar do susto de haver cobras voadoras, não é preciso se preocupar: a Chrysopelea paradisi tem um veneno fraco e é considerada inofensiva aos seres humanos.



Fonte: Nordeste1Science News

Café da Alemanha reabre após quarentena com chapéus inusitados

Com o relaxamento nas medidas de prevenção à propagação do coronavírus na Europa, diversos países estão adotando novos meios para proteger a população de novas ondas da covid-19, doença que atualmente atinge cerca de 5 milhões de pessoas no mundo todo. Na Alemanha, por exemplo, um café acabou surpreendendo por ofertar a seus clientes chapéus com as famosas boias cilíndricas que lembram espaguetes e canudos. Tudo isso é para garantir que as pessoas se sentem à distância umas das outras.
.
(Cafe & Konditorei Rothen/Reprodução)

Isso tudo só é possível por conta das recomendações do governo federal, que pretende fazer a “volta ao normal” de maneira gradual. Contudo, aos poucos, cafés e restaurantes podem voltar a funcionar mesmo com certas restrições, como servir seus clientes apenas nas áreas abertas dos locais. O Rothen Schwerin, na cidade alemã de Schwerin, anunciou suas novidades de reabertura por meio de sua página oficial no Facebook. A proprietária, Jacqueline Rothe, afirmou que a emissora local de televisão RTL foi quem teve a ideia criativa para atrair a atenção dos clientes.

Reabertura divertida
(Cafe & Konditorei Rothe/Reprodução)


A ação, promovida pela emissora no café de Jacqueline, foi apenas para a reabertura oficial depois de vários dias, em 9 de maio. Os clientes da loja puderam se deliciar novamente com os doces incríveis que por lá são vendidos.

Em entrevista à CNN, a proprietária afirmou que se surpreendeu com a repercussão positiva da confeitaria na mídia do mundo todo. "Foi uma ação perfeita e, é claro, foi engraçada, nossos clientes gostaram muito. Mas o que isso nos mostrou o quão difícil é manter a distância de 1,5 metros", afirmou ela empolgada.

Ainda de acordo com ela, o estabelecimento, que antes tinha cerca de 36 mesas disponíveis — com 20 delas do lado de fora em dias mais quentes —, agora conta com uma demanda de apenas 12, com oito delas do lado de fora. Tudo isso para garantir que as recomendações sanitárias sejam atendidas e que o coronavírus esteja cada vez mais distante da região.

A chanceler alemã Angela Merkel suspendeu a maior parte das restrições no território alemão após afirmar que o país estava fora da primeira fase da pandemia. Vale lembrar que na Alemanha já morreram pouco mais de 8 mil pessoas com a doença.

Fonte: megacurioso

Casa assombrada é castigo para quem furar quarentena na Indonésia

Na Indonésia, um político local precisou tomar medidas drásticas para conter a vontade das pessoas de furar a quarentena por lá. Para isso, Kusdinar Untung Yuni Sukowati, o chefe regente de Sragen, decidiu amedrontar os infratores colocando-os trancados dentro de uma casa que tem a fama de ser mal assombrada na região da ilha de Java, a fim de dar um exemplo para os outros habitantes.

Diversos países do mundo adotaram o isolamento e distanciamento social e físico para evitar a propagação da covid-19, doença causadora do coronavírus. Até que uma vacina ou medicamento eficaz seja encontrado para o controle do problema, a solução temporária vem sendo a consciência e bom senso da população mundial. Mas acontece que muita gente não respeita as restrições e recomendações dos especialistas e prefere ter o descuido de sair nas ruas para não ter sua vida restringida.

(Fonte: Pixabay)


Sendo assim, no país do sudeste asiático, provocar o medo na população pode ser uma arma contra a irresponsabilidade. Kusdinar passou a mandar quem não respeitar o isolamento para a companhia dos fantasmas de algumas casas abandonadas e “mal assombradas” da região. Dessa forma, o político espera conseguir fazer com que as pessoas respeitem a quarentena e parem de oferecer risco na propagação do vírus.

Casas mal-assombradas

A ideia do chefe regente de Sragen surgiu após sua percepção de pessoas que vinham, sobretudo, da capital Jacarta e de outras grandes cidades que tinham restrições maiores com relação ao isolamento até a localidade.

"Caso as pessoas desrespeitem as ordens do isolamento, várias aldeias já pedem minha permissão para colocá-las em quarentena em alguma escola primária abandonada ou em casas isoladas", afirmou Kusdinar. “Eu dei minha permissão. Se necessário, eles devem ser trancados dentro de uma casa mal assombrada. Mas nós ainda iremos monitorá-los e alimentá-los por esse período”, completou.

Na vila Sepat, os funcionários que por lá residem escolheram uma casa abandonada que muitas pessoas acreditam ser assombrada. Essa casa sinistra já foi transformada em uma espécie de centro de reclusão para a quarentena no qual os infratores do isolamento permanecerão. Até agora, três pessoas já foram condenadas a passar pelo menos uma quinzena por lá.


Enquanto isso, na vila de Plupuh, uma casa abandonada semelhante, localizada no meio de um arrozal, foi escolhida para colocar em uma quarentena macabra e forçada aqueles que ousarem sair de suas casas e arriscar a propagar o vírus pela região. Duas pessoas já foram confinadas a residir por algum tempo em meio aos fantasmas que lá habitam.

“Se esses moradores de Plupuh tivessem obedecido a ordem [de ficar em casa], não teriam sido trancados lá”, reforçou Kusdinar.

E para quem acha que essa medida é um tanto quanto bizarra, é bom lembrar que não é a primeira vez em que as autoridades do país do sudeste asiático utilizam do medo aos fantasmas da população para garantir que as regras sejam obedecidas. Recentemente, inclusive, algumas pessoas já se vestiram de uma forma assustadora e ficaram nas ruas de Java para fazer com que os moradores não saiam de casa.

A Indonésia acumula pouco mais de 9 mil casos confirmados da covid-19 em todo o seu território. Por lá já são 765 mortos pela doença.

Fonte: megacurioso