Politico que rouba dinheiro público honestamente não responderá processo, diz STF

STF decide: Roubo honesto não será mais crime; mas a Lei vale somente para os políticos
STF decide: Roubo honesto não será mais crime;
mas a Lei vale somente para os políticos

O STF tomou uma decisão polemica: O político que roubar dinheiro público de maneira honesta não responderá processos judiciais. No entendimento dos ministros a honestidade está acima de qualquer coisa, de modo que, um roubo honesto não pode ser atributo para penalizar um servidor público.


"Se o gestor público faz a coisa de forma honesta a justiça não pode penaliza-lo", disse um dos ministros que votou favorável a extinção de processos para políticos que retiram o dinheiro do povo honestamente.


A decisão do STF gerou confusão entre as pessoas de um modo geral. José Jinó Juarez, ex-presidiario, por praticar furtos de galinhas, questionou se roubar uma galinha do vizinho é um roubo honesto. Mas o STF esclareceu que o roubo honesto só pode ser praticado pelo político. 


Fonte: G17