Mergulhador de esgoto indiano recebe R$ 9,50 por dia e uma garrafa de bebida alcoólica para trabalhar

Você acha que seu trabalho é ruim? Então espere até conhecer o emprego de Devi Lal, o “mergulhador de esgoto” de Nova Deli.

Isso mesmo, Devi ganha a vida mergulhando e desentupindo esgotos da cidade indiana. E não é só, o homem de 43 anos ganha – pasmem – R$ 9,50 por dia (e uma garrafa de bebida alcoólica) para realizar tal tarefa.

Segundo o Daily Mail, a prefeitura sequer se preocupa em fornecer roupas de proteção para que Devi e seus colegas passem horas mergulhados em águas imundas.


De acordo com Harnam Singh, o presidente da comissão de limpadores de esgoto de Nova Deli, quase 70% dos empregados acabam morrendo em função das condições de trabalho. Estima-se que 61 mergulhadores morreram apenas nos últimos 6 meses.

Mesmo que a Índia proíba a prática desde 1993, as agências governamentais usam milhares de desentupidores manuais para limpar esgotos no País.

A Índia é uma das economias que mais crescem no mundo, mas a pobreza continua generalizada com a estimativa de 42,5% das crianças sofrendo de desnutrição.

De acordo com dados de 2010, do Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas, cerca de 37,2% dos indianos vivem abaixo da linha de pobreza, com 68,7% sobrevivendo com apenas US$ 2 por dia.

Curiosamente, esta semana, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, confirmou que seu país vai gastar entre 70 e 90 milhões de dólares em uma missão espacial em Marte.

Fonte: ig