Homem gasta R$ 280 mil para anular multas de R$ 720

O iraquiano Mustafa Al Shakar já gastou US$ 71 mil na Justiça para contestar multas que somam pouco mais de US$ 180, na Austrália. As multas foram aplicadas em 2012 e os processos se arrastam até hoje, segundo a Fox, que publicou a notícia.

Shakar foi punido por supostamente estar dirigindo a 88 quilômetros por hora num local onde a velocidade máxima era 60. O motorista afirma que sequer estava no lugar indicado na multa. Ele anexou ao processo fotos de seu carro no Google Earth, que supostamente mostrariam que ele realmente não estava lá.

“Saí do Iraque e lá eu não poderia entrar na Justiça. Vou até o final”, disse ele, que não tem o apoio da família na batalha judicial.

Fonte: Sensacionalista