Nacional de Pombal comete gafe e erra nome de pretenso patrocinador

Clube vai jogar Paraibano da 2ª divisão e tentava convencer Prefeitura a patrociná-lo, mas cometeu erro de português no uniforme. Gestores ficaram constrangidos

Uniforme do Nacional de Pombal com erro de português:
mimo que provocou constrangimento
(Foto: Hênio Wanderley)
Faltando 20 dias para a estreia na 2ª divisão do Campeonato Paraibano, o Nacional de Pombal fez uma das maiores lambanças de sua breve história. E que ameaça inclusive inviabilizar a presença do time no campeonato. Na apresentação do elenco e dos uniformes para a disputa da competição de acesso, o clube desfilou com camisas apresentando erro de português no espaço destinado ao patrocinador master. E o que deveria ser "Prefeitura de Pombal" virou "Prefeituta de Pombal", com "t".

O detalhe é que o clube nem mesmo tinha fechado patrocínio com o governo municipal, e se adiantou, colocando a marca da Prefeitura, como forma de tentar convencê-los de apoiar financeiramente a equipe da cidade. O erro, contudo, pegou mal em Pombal e deixou os gestores municipais irritados.
O evento era para ser uma festa. E funcionaria como um "ritual", um pontapé inicial para as disputas da 2ª divisão. Entretanto, uma mistura de azar e pressa fez com que a diretoria do clube não visse o equívoco cometido pela empresa que fabricou as camisas. A gafe foi inevitável. E deixou os gestores municipais presentes ao evento constrangidos.

- Nós pegamos as camisas e na pressa não vimos o erro. Quando nós demos conta do problema faltava pouco para começar o evento, então não foi possível fazer a substituição do material a tempo da apresentação - afirmou o presidente José Nildo.

O dirigente admitiu ainda que o clube não fechou patrocínio com a Prefeitura de Pombal. E que precisa deste para colocar o time em campo:

- Colocamos o nome da Prefeitura no padrão sem ter fechado com eles ainda. Mas vamos ver se conseguimos o apoio até sexta-feira - contou.

Ao todo, foram 35 camisas confeccionadas entre uniforme principal, de treino e de goleiro, todos com erro de português. E de acordo com o dirigente, o fato foi comunicado à empresa, que garantiu a troca do material sem custos ao clube.

O presidente não soube informar o que vai fazer se não fechar o acordo com a Prefeitura de Pombal, mas garantiu que até o fim da semana já vai ter os novos uniformes, com o nome corrigido.

Fonte:Globo Esporte