Repórter tenta entrevistar homem morto após perseguição policial

Um repórter da TV Atalaia, afiliada da Record no Sergipe, tentou entrevistar um homem morto, logo após a perseguição policial ocorrida na periferia de Aracaju. A reportagem foi exibida na edição desta quarta-feira (27) do programa policial local “Tolerância Zero”.

A equipe estava na região quando flagrou a movimentação. Ao chegar no local, se depararam com três suspeitos no chão, que, segundo a polícia, haviam praticado assalto a uma mercearia e tinham fugido na contramão. Houve troca de tiros entre suspeitos e policiais. Um deles morreu no local.

“Você é maior ou menor?”, perguntou o repórter a dois deles. “E você, tem quantos anos?”, questionou ao terceiro suspeito, que estava morto. Após segundos de silêncio, e sem resposta, o jornalista se deu conta da situação. “Esse daqui está ferido. Por incrível que pareça, eu ia entrevistar um cara que já está morto”, completou, sem graça.

Fonte: Manchetepb