Greve dos emoticons abala a internet

Cansados de ser usados exageradamente, os emoticons – aqueles símbolos fofinhos usados nas mensagens, posts, tweets – resolveram fazer uma paralisação geral. Eles alegam que ninguém no Brasil trabalha mais do que eles. E de graça. “O pior é ter que fazer carinha feliz quando você acordou deprimido”, diz Smile, presidente do Sindicato dos Emoticons.
O emoticon das mãozinhas pro alto também reclama do trabalho forçado. “Nem sempre passei desodorante. Me sinto inibido”, afirma. O emoticon coraçãozinho S2 argumenta que está cansado de ser usado em casos de ironia. “Desvirtuaram minha natureza!”, reclama.
Além de férias e pagamento de horas extras, os emoticons reivindicam salário dobrado no uso pelos adoelscentes. “Eles não se contentam com um ou dois. Às vezes mandam mensagens com mais de 20 de nós. Isso é escravidão”, diz Smile.