Marido pôs mulher à venda

Imagem ilustrativa
Paul Osborn tem 44 anos, vive em Blectchley, na Grã-Bretanha, e tornou-se no protagonista de uma queixa judicial da sua mulher Sharon, de 43 anos. Tudo porque decidiu colocar a companheira à venda no eBay.
Descrita na oferta online como “mentirosa” e “adúltera”, Osborn entregaria Sharon a quem oferecesse o melhor preço. O inusitado foi justificado ao jornal britânico ‘The Sun’.
Osborn explica como confirmou as suspeitas de que a sua mulher, com quem está casado há 24 anos e tem dois filhos, tinha um caso com um colega de trabalho. “Comecei por vasculhar os emails dela e percebi que os rumores eram verdadeiros. Eles discutiam a vida sexual de ambos e faziam planos para o futuro. Fiquei completamente destroçado, disse revelando que acabaria, todavia, por aceitá-la de novo semanas depois.
A oferta no eBay, que só foi colocada, segundo afirmou Osborn, quando recebeu novas provas de que estava a ser traído, recebeu inúmeras licitações que chegaram até às 500 mil libras (cerca de 630 mil euros).
“Num ataque de fúria, decidi colocar a oferta no eBay. Depois acabei por retirá-la, porque percebi que não era a coisa certa para fazer. Mas eu estava muito furioso”, disse Osborn. Sharon, que desmente a traição, apresentou queixa na polícia contra o marido.