Barulho dos infernos, sô!

De acordo com o pai de santo, a primeira missão dos vascaínos será amarrar os rubro-negros, que, segundo ele, são os maiores secadores do rival, para poderem cantar ‘vice de novo’, música que atormenta os cruzmaltinos há 23 anos. “O mais importante de tudo é interromper a corrente de secação dos flamenguistas. Tem que arrumar uma camisa do Flamengo e colocar dentro de um círculo com quatro ou mais velas, que podem ser brancas ou pretas. Junto com a camisa pode colocar um galho de arruma e dizer três vezes: ‘Prende os secadores!’. Se quiser amarrar outros times, é só colocar as camisas deles também”, ensina pai Sérgio.

Mas também é fundamental fortalecer o time espiritualmente. E de acordo com o religioso, Oxóssi é o santo certo para o pedido na luta pelo caneco inédito – o Vasco só chegou à final uma vez, mas foi vice para o Flamengo, em 2006. “Pedido de esporte é com Oxóssi. E com essa sina de vice que persegue o time, esse é o orixá perfeito. Ele é maroto e tem muita ginga, o que se precisa numa partida. Antes do jogo, os torcedores devem amarrar um pedaço de barbante com duas voltas no pulso direito e dizer: ‘Oxóssi, afastai essa sina de vice do Vasco e as energias negativas. Levai boa energia para os jogadores’. Tem que pedir com fé”, diz pai Sérgio.
Leia mais: Humor Talha