Jornal norueguês diz que Papai Noel morreu aos 227 anos e se desculpa

Obituário foi publicado na quinta-feira no site do jornal Aftenposten.
Após admitir erro, jornal disse que Papai Noel está vivo e passa bem.


Obituário foi publicado na quinta-feira no site
do jornal Aftenposten (Foto: Reprodução)
O maior jornal da Noruega pediu desculpas nesta sexta-feira (4) por publicar em seu obituário um aviso da morte do Papai Noel aos 227 anos.

O obituário, publicado na quinta-feira no site do jornal Aftenposten, anunciava que Olausen Julenisse (Olausen Papai Noel) havia morrido naquele mesmo dia, no Pólo Norte, depois de uma vida muito longa, uma vez que teria nascido em 12 dezembro de 1788.

O funeral foi anunciado para o dia 28 de dezembro na "Capela do Pólo Norte".

"Aftenposten tem regras estritas sobre o conteúdo e o uso de símbolos em nosso obituário", ressaltou seu editor, Håkon Borud.

"Este anúncio é uma distorção (dessas regras) e nunca deveria ter sido publicado", acrescentou em um artigo online no site do jornal.

Por fim, não explica por que a notícia foi publicada, mas anuncia que Papai Noel está vivo e passa bem.