STF anula doação eleitoral oculta e obriga deputados a usarem uniformes com logomarcas dos doadores

Depois do Congresso ter aprovado a doação oculta em campanhas eleitorais, o Supremo Tribunal Federal (STF) resolveu anular a medida.

Após a anulação, o STF foi além e obrigou cada deputado a transitar em Brasília usando um uniforme com as logomarcas de todas as empresas que fizeram doações à sua campanha eleitoral estampadas na roupa.

A maior parte dos deputados não gostou da novidade. “Essa medida do STF está causando muitos problemas aqui na Câmara dos Deputados. Ninguém quer usar roupa com logomarca de empreiteira porque dizem que pode dar azar e gerar denúncias na Lava-Jato” disse Eduardo Cunha, que alega não acreditar nessas superstições, mas já está preparando uma manobra para não precisar usar o uniforme.

Em uma próxima votação, o STF decidirá se irá obrigar o ex-presidente Lula a tatuar a logomarca da Odebrecht no corpo.
Fonte: Sensacionalista