Sociedade Protetora dos Animais processará pessoas que urinarem em postes já marcados por cães


O carnaval é uma data que prejudica milhares e milhares de cães e cadelas abandonadas que usam as ruas, principalmente postes e árvores, como mictório. Segundo a Sociedade Protetora dos Animais, vários foliões urinam nestes locais e tiram a marcação de território canina, fazendo com que os animais fiquem desnorteados e entrem em profunda depressão.
Segundo o Governo, em 2013, por conta deste fenômeno, os banheiros químicos foram mais usados por cães do que pelas pessoas. Porém os animais tiveram dificuldade para alcançar o vaso sanitário. Prefeituras de várias cidades já prometeram a instalação de postes extras que possam atender tanto a cães quanto a pessoas e trarão uma placa indicativa para informar animais e foliões.