Atualização para iOS 6 tem recepção negativa; Maps é criticado

A atualização do sistema operacional móvel da Apple, liberada para download ontem, foi recebida com críticas por muitos usuários no Twitter. Internautas que adotaram o iOS 6 se mostraram descontentes principalmente com o aplicativo de mapas que substitui o Google Maps - até então integrado ao iPhone - e postaram imagens satirizando o "show de horrores" da novidade.

O iOS 6 marca o rompimento da aliança entre Apple e Google, presente em edições anteriores do sistema operacional móvel. A transição cartográfica foi mal recebida por vários clientes da Apple, descontentes com a funcionalidade 3D do aplicativo - considerada pior que o Street View, do Google - e diversas outras mudanças. Entre os problemas apontados estão demora no carregamento, animações lentas demais e um estranho "efeito apocalipse" quando se tenta ampliar as imagens e navegar pelas cidades.

O Apple Maps será bastante limitado no Brasil: orientações de trânsito, informações sobre tráfego e a visualização de ruas ainda não foram plenamente incorporadas no País - assim como em 19 outras nações. Diferente do Street View, o serviço de visualização agora oferecido é chamado Flyover e permite ao usuário "flutuar" sobre as cidades (através de imagens de satélite) em vez "caminhar" virtualmente por elas. Na prática, no lugar de fotos reais, os usuários terão apenas representações em 3D dos locais.

A hashtag #ios6pocalypse foi criada por usuários que decidiram compartilhar sua má experiência com a nova versão do sistema operacional da Apple. Através de seu Twitter, David Gustav brincou: "Gostando muito da Estátua da Liberdade nos novos mapas do iOS6". Assim como ele, muitos ironizaram o novo serviço.

Novidades no iOS 6
O novo sistema operacional tem maior integração com o Facebook, como já havia acontecido com o Twitter no iOS 5. O assistente de voz Siri vem com melhorias e com mais opções de idiomas - agora o espanhol, por exemplo, também é compreendido. Além disso, o programa de chamadas por vídeo FaceTime pode ser usado também através de conexão de dados, sem a necessidade de conexão Wi-Fi.

A princípio, o iOS 6 está disponível para todos os iPhones a partir do modelo 3GS, para tablets a partir do iPad 2 e para o iPod Touch a partir da quarta geração. Ainda assim, alguns recursos do novo sistema poderão funcionar plenamente somente nos modelos mais recentes de dispositivos.

No Brasil, o app Maps funciona, porém a navegação ponto a ponto e a possibilidade de visualizar prédios em 3D, bem como tráfego e análises do trânsito através de fotos, não estão disponíveis. O Siri também permanece bastante limitado no País: diversas inovações, como reservas de restaurantes e horários de filmes, assim como integração com Facebook e Twitter não estão presentes, assim como o idioma português.

Já a App Store permanece completamente acessível aos brasileiros, porém sem a nova funcionalidade de ditado. A atualização está disponível via iTunes ou pelo ar, para usuários do iOS 5.


Fonte: Terra