Finja um orgasmo, mas seja honesta

O Casseta e Planeta Vai Fundo volta nessa sexta-feira com um tema que está presente na rotina de nove em cada 10 casamentos (o 10° é fiel à esposa): o sexo. Também conhecido como molhar o biscoito, afogar o ganso, agasalhar o patê, aquilo naquilo, banho na vara, fornicar, copular, colocar uma carta no correio, chamar o técnico da tv a cabo ou ter uma reunião com a secretária.

E quando falamos em sexo, as mulheres se destacam em um quesito: orgasmo. Ai você pensa “orgasmo? Achei que o orgasmo pra mulher fosse como o amor para o homem. Ela fala que sente, mas é só pra deixar o parceiro feliz”. Pois é, pequeno gafanhoto. Ninguém pode comprovar se o orgasmo realmente existe. As mulheres dizem que sim e que somos machistas insensíveis. Agora, pergunte se elas preferem um orgasmo ou uma reforma na cozinha? Pronto! Nós homens, só abrimos mão do sexo pelo futebol. E tem que ser o segundo tempo da final do campeonato. E mesmo assim a gente já fica esperto, porque se uma falta demorar pra ser cobrada, a gente cai pra dentro.

Geralmente as mulheres fingem o orgasmo por alguns motivos: a) não querem desmanchar o cabelo, b) não querem perder a novela ou c) o cara manda muito mal.
Algumas mulheres são peritas nessa arte. Os gritos são capazes de quebrar uma taça de cristal e acordar todos os cachorros num raio de 4km. Já outras conseguem fingir um orgasmo tão rápido que deixam qualquer marido broxa se sentindo o garanhão.

Fingir orgasmo faz bem ao relacionamento. Pense em quantas vezes nós tivemos que fingir que gostávamos da sua mãe, ou daquele suflê de espinafre que ela faz questão de fazer pra “genro querido”. Pense em quantas vezes seu marido aguentou as enormes filas da liquidação do shopping, só porque você queria comprar uma bolsa com 5% de desconto no cartão dele? E aquela dieta que toda a família foi obrigada a fazer, comendo só uma folha de alface por janta, só pra você se sentir motivada para emagrecer e entrar num vestido?

Isso é muito mais do que tolerância, isso é amor!

Portanto, se você for fingir orgasmo para o seu marido, seja honesta da mesma forma que ele foi quando disse que você emagreceu. Diga: querido, fique o tempo que precisar, ainda tenho duas unhas para lixar. Ou, “temos muito tempo, coloquei o miojo na água há dois minutos!”.

Enfim, vale tudo pra ser feliz. Só não vale xingar o autor desse texto, que tem uma vida sexual ativa e saudável com suas duas namoradas: mão direita e mão esquerda.

Fonte: Casseta