Brasileiros migraram para o Facebook porque o pobre gosta de acompanhar o rico, aponta estudo

Estudo comprova que aonde o rico vai,
  pobre vai atrás, e revela porque o Facebook cresceu no Brasil
 
Um estudo produzido por estudantes de uma universidade, sobre redes sociais, apontou que o sucesso do Facebook no Brasil aconteceu porque os ricos se cadastraram primeiro e a tendência do pobre é seguir os passos do rico.


De acordo com a pesquisa, a alegria do pobre é dizer que tem um amigo rico. O cadastro de pessoas de classe alta na rede social concorrente do Orkut foi atraindo as outras classes e diversos segmentos sociais do Brasil.


Aonde o rico vai o pobre vai atrás, conclui o estudo. Se a elite brasileira migrar para o Google + não irá demorar muito: o Facebook virará o Orkut de hoje: uma rede social de usuários fantasmas que não se movimentam. 


Fonte: G17