Pais aderem ao "Seguro Virgindade" para garantir que as filhas continuem virgens

Conheça o sistema revolucionário de uma empresa de seguros para dar tranquilidade aos pais corujas

O Seguro Virgindade já funciona com sucesso nos Estados Unidos e agora está chegando ao Brasil. A ideia é fazer os pais protetores ficarem despreocupados com as filhas. O seguro garante que a garota continue virgem até o tempo estipulado pelo pai – contratante do serviço.


O seguro funciona da seguinte forma:

1 – O pai paga um valor pelo seguro, que pode ser parcelado, informa a idade permitida para que a filha perca a virgindade, por exemplo: 25 anos.

2 – A empresa de seguros envia uma mesada mensal para estimular a garota a não perder antes da data informada no seguro. Ela também ganha presentes e roupas para ficar tentada a não quebrar o contrato;

3 – Se a menina resistir até os 25 anos (ou a idade informada pelo pai ao contratar o seguro) ela recebe uma alta quantia em dinheiro.


Em resumo, o Seguro fica pagando um valor mensal e ainda oferece uma boa quantia em dinheiro caso a menina consiga cumprir o contrato. É obrigatório apresentar exames ginecológicos mensalmente à seguradora.


Se a garota não se segurar perde o dinheiro e ainda, é obrigada a devolver tudo que recebeu de mesada da seguradora.


Nos Estados Unidos, somente 0,45% das meninas conseguem cumprir a meta e receber o valor do seguro.


"O meu pai me assegurou até os 30 anos, foi um sufoco me segurar até lá, mas consegui e recebi da seguradora 300 mil dólares pra fazer a minha vida, agora estou livre e desimpedida", disse a californiana Karen.


Já a estudante Kristen, 22 anos, disse que não conseguiu cumprir o contrato com a seguradora por mais de 30 dias. "Só recebi um mês de mesada, mas tive que devolver porque não me segurei", disse.


No Brasil, os seguros começam a ser feitos a partir de abril. Os pais conservadores interessados devem procurar as financeiras responsáveis.

Fonte: G17