Cidade proíbe o povo de morrer

Por meio de uma lei municipal, o prefeito de uma cidadezinha na Itália deu vida eterna a toda a população, de cerca de 4 mil pessoas. Desde o início do mês está proibido morrer em Falciano del Malssico, no sul do país.

Por decreto, ninguém está autorizado a ir para o além, pois não há cemitério na cidade e o do município vizinho, onde eram enterrados os mortos de Falciano, está lotado.

Até a instalação de um novo cemitério, “fica proibido ultrapassar as fronteiras da vida na Terra”, diz o decreto.

Fonte: NE Noticias