Música alta deixa a bebida mais gostosa


Nova desculpa para o porre: foi a música. O álcool fica mais docinho quando tem música alta tocando — e isso acaba fazendo você beber mais sem perceber. É o que constataram pesquisadores da Universidade de Portsmouth (Inglaterra). Segundo eles, é o primeiro estudo experimental a documentar como a música é capaz de alterar o gosto do álcool.
“Como os humanos têm uma preferência inata pela doçura, isso oferece uma explicação plausível para o fato de as pessoas consumirem mais álcool em ambientes barulhentos”, diz o líder da pesquisa, Lorenzo Stafford. Lembra da sua última balada? Então.
80 voluntários, homens e mulheres, participaram do estudo. A tarefa? Beber uma variedade de drinks e ir anotando num bloquinho se estavam fortes, docinhos, amargos etc., enquanto os cientistas iam mudando o volume da música ambiente. Difícil, né?
Eu conheço um bocado de gente que adoraria participar de um estudo desse tipo, fácil, fácil — você também, com certeza.