Fail: A homofobia veste verde


 
Criticando publicamente o elenco e a diretoria do Palmeiras, uma das torcidas organizadas do clube gerou polêmica em sua manifestação ao exibir uma faixa com os dizeres “a homofobia veste verde”, escrita na cor do time. A manifestação ocorreu na porta da Academia de Futebol na tarde desta quarta-feira.

Procurada pelo Terra para explicar o significado e a relação da mensagem passada, a torcida preferiu não esclarecer o posicionamento. A faixa vem de encontro com à polêmica sobre a troca especulada com o Atlético-MG de Pierre por Richarlyson.

O jogador do Atlético-MG também desperta a ira da torcida palmeirense por ter optado em jogar pelo rival São Paulo, em 2005, depois de estar próximo de fechar com o clube do Palestra Itália.

Richarlyson e Palmeiras entraram em choque em 2007, quando o então diretor do clube José Cirillo Júnior insinuou que Richarlyson seria homossexual em uma programa de TV. O jogador rebateu em outra TV, afirmou ser heterossexual e ainda entrou com um processo judicial.

A especulação sobre a troca com Richarlyson foi negada recentemente pelo presidente Arnaldo Tirone, que declarou que o jogador não interessava ao clube. Paralelamente, a situação de Pierre segue indefinida e o atleta terá uma reunião com os dirigentes palmeirenses para definir sua situação.

Fonte:  Miguel Amado, no Terra